Opinião do leitor: Homofobia: uma praga enraizada.

20:34


Jeferson Taylor
HOMOFOBIA UMA PRAGA ENRAIZADA

Por: Jeferson Taylor - Ativista de Direitos Humanos

Quando  falamos  de homofobia  várias  coisas vêm a nossa cabeça. A principal ė agressão, seja ela verbal , física ou mental. 

Mas homofobia está em todas as esferas e de  várias formas. Ela é tão  rápida quanto um vírus. Você não  percebe, mas muitas vezes age com homofobia. 

Homofobia  acontece principalmente  por falta de informação  e de interesse de conhecer  e aceitar as pessoas pela forma como elas  são, não  pela maneira  que você  quer que elas sejam. 

Quando nascemos somos orientados  por uma visão  dos nossos  pais  que nos ensinam a ser de acordo  com o que eles dizem  e passam  de gerações  em gerações. Em geral, a homofobia  começa  em casa depois  na Escola e circula  no trabalho , ela participa  muitas vezes  das nossas  relações  de amizade, com os nossos  próprios  irmãos  gays, lésbicas, transexuais, e bissexuais.

Exemplifico: bicha feia, mal amada, ridícula, odeio  afeminadas, essa bixa  nunca vai ser nada, eu  gosto dela, mas eu vou votar e apoiar outra pessoa, viado, bixa, qualira, etc.

Homofobia   consegue  se transformar  em Assistencialismo no Estado porque o Estado  maqueia que é contra  preconceito, mas, claro, não  cria  oportunidades porque ainda é difícil  para o Estado incluir como parte da política, então, é  melhor  fazer apenas campanhas  contra o preconceito, contra a homofobia poisepois é bem mais fácil. 

Ela está em todas as igrejas  e religiões: na católica, na evangélica, na matriz  africana. Ela está no próprio LGBT, no Ativista, no Militante, e você  percebe  que a homofobia  está ali, mas você  não se dá  conta disso, daí ela se camufla porque acha-se natural. Ela se torna  uma palavra  bonita no sistema  eleitoral para corroer  a sua  mente  e acreditar  que ela vai desaparecer, mas quem fica  sem espaço é você. 

Homofobia está nas nossas  vidas todos os dias. No nosso discurso quando vamos falar  de preconceito e conscientizar  as pessoas, mas muitas vezes  ela está  mais forte  nas nossas  atitudes, quando falamos uma coisa, mas agimos totalmente diferente. 

O que a gente vê como consequência de tudo isso é a falta de representatividade, mais mortes, mais abandono do lar, mais distância da educação, mais famílias sendo  afastadas, mais  tristeza, mais prepotência, mais arrogância, mais soberba, mais mentiras, mais falta de esperança, mais falta de humildade, menos  conhecimento.

Você  percebeu  o estrago  que ela faz? Você  alguma hora se percebeu  uma pessoa  homofóbica? P

Por quê pequenas e boas atitudes  fazem  grande diferença. 

Pense, reflita, pois, muitas vezes a homofobia  está ao seu lado.

Ativista de Direitos  Humanos
JEFFERSON  TAYLOR

You Might Also Like

0 comentários