Bacabeira(MA): Bloco de carnaval é denunciado por suspeita de usar dinheiro público do PDDE

17:07




Bloco carnavalesco chamado siri na lata, que estampou nas suas camisas o patrocínio de um programa do governo federal, PDDE, que é Programa Dinheiro Direto na Escola e o uso indevido de forma pejorativa do Símbolo da Ordem dos Advogados do Brasil, foi alvo de uma Representação ao Ministério Público Federal.
Bloco Siri na LataBloco Siri na Lata
Segundo a representação, os possíveis responsáveis seriam Marcos Vinicius, que usou sua página do Facebook para mostrar a festa de lançamento do Bloco, na residência do Presidente da Câmara de Bacabeira. Que, segundo a Representação seria o idealizador do Bloco e quem teria conseguido os recursos do PDDE para patrocínio. Cabendo ao Ministério público Federal investigar se há ligação entre os indicados do presidente da Câmara, e os gestores das escolas que são os responsáveis pelo PDDE.
Representação no MPF

A prefeita Fernanda Gonçalo, também foi alvo da representação, pois como prefeita da cidade, deveria saber como de fato estão sendo investidos esses recursos.
A representação foi protocolada hoje, dia 25, sob o número 20190013566. Na peça foi pedido também para que a OAB seccional do Maranhão se manifeste sobre o uso do símbolo da instituição, de forma inclusive, vexatória e pejorativa.
A Representação é o passo inicial para que o MPF faça as investigações necessárias e que, se houver relação com possíveis crimes tipificados no código penal, como artigo 312, 315, 319 e outros. Como também poderão responder por improbidade administrativa.

You Might Also Like

0 comentários