As vésperas do Natal, Flávio Dino quer aumentar imposto da gasolina, do óleo diesel, da cerveja e do refrigerante

16:53

Por Daniel Matos


Flávio Dino quer aumentar ICMS em pleno mês do Natal

Mais uma vez, o governador Flávio Dino (PCdoB) recorre ao bolso do contribuinte para tentar compensar o caos financeiro em sua gestão. O comunista enviou mais um projeto de lei à Assembleia Legislativa com previsão de aumento da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de vários produtos, dentre os quais a gasolina, cerveja e até drones.
De acordo com a mensagem governamental. o percentual de incidência do ICMS sobre esses itens aumentará de 25% para 28,5%. Além da gasolina, da cerveja, refrigerantes e dos drones, terão a alíquota reajustada armas e munições, bebidas alcoólicas em geral, dentre as quais o chopp, bebidas isotônicas, bebidas energéticas, embarcações de esporte e recreação, inclusive  esquis aquáticos, kites e jet skis, aeronaves de uso civil e joias de metas preciosos ou folheadas.
Como se não bastasse onerar os produtos já citados, o comunista quer aumentar em 2% a alíquota que incide sobre o óleo diesel e o biodiesel.  Assim, o percentual do ICMS que incide sobre os dois combustíveis aumentará de 16,5% para 18,5%.
O projeto de lei foi encaminhado em regime de urgência à Assembleia Legislativa, mas um pedido de vistas do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) impediu sua votação hoje. A previsão é que o plenário vote a mensagem na próxima quarta-feira.
Antes, membros da bancada de oposição pretendem mobilizar a sociedade para protestar contra o novo reajuste tributário.

You Might Also Like

0 comentários