Thalita Laci contrata empresa do Piauí para realizar Concurso Público por quase R$ 1 milhão

05:59


Em 16 de maio de 2018, a mesma empresa, contratada pela prefeitura de Caxias, foi declarada pelo TCE-MA – Tribunal de Contas do Estado, não conter qualificação técnica para aplicação do concurso, o que resulto em medida cautelar para suspender o concurso.

A prefeita do pequeno município da Raposa, localizado na grande Ilha de São Luís, Talita Laci (PCdoB), aquela mesma que se envolveu no escândalo dos caixões e virou manchete nacional, volta a virar destaque dos veículos de comunicação no Maranhão inteiro, e após aceitar acordo na justiça para realizar concurso público, quer gastar quase R$ 1 milhão de reais para realização do certame.
Segundo dados oficiais do Diário Oficial do Município, a empresa E. F. Pesquisas e Projetos LTDA, o Instituto Machado de Assis, comandado pela empresária Elza de Paula Dias Rodrigues, vai faturar R$ 708 mil reais para  prestação de serviços técnicos de planejamento, organização, realização, processamento, resultado final e apoio logístico a promoção do concurso público destinado ao provimento dos cargos do quadro de pessoal do município de Raposa.

Em 2015, o Ministério Público do Piauí já havia aberto inquérito para investigar possível fraude no concurso aplicado no município de Belém do Piauí.

O mesmo aconteceu em 2012 e o MPPI acabou acionando a Prefeitura de Altos, no Piauí e o próprio Instituto Machado de Assis, por possível fraude no processo licitatório que culminou na contratação da empresa para aplicação do concurso municipal.

O Ministério Público do Maranhão deve investigar o motivo dessa fortuna toda em um simples concurso.


Crédito: Blog Maramais

You Might Also Like

0 comentários