Flávio Dino faz investidas em evangélicos, umbandistas e maçons.

15:45


POLÍTICA
Governador do Maranhão desenvolve ações e serviços que têm estreitado as relações com os grupos

PUBLICADO POR ATUAL7

Pode até não ter intenção eleitoral, mas o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), tem feito investidas em públicos de diversos setores que podem ser o fiel da balança na hora da contagem dos votos nas urnas em outubro próximo, mesmo que de crenças conflitantes.

Os que mais se destacam, segundo levantamento feito pelo ATUAL7 na agência de notícias no próprio Palácio dos Leões, são os núcleos de evangélicos e católicos; de umbanda e candomblé; e de maçons.

A aproximação com evangélicos, conforme amplamente divulgado pelo mídia local e redes sociais, se dá por meio da nomeação dos célebres capelães, visitas a cultos acompanhado de políticos ditos cristãos e até sanção de data comemorativa, agradando mocidades.

Somente em relação aos capelães, por exemplo, Dino aumentou de 14 para 50 o número de contratados pelo governo. A maioria dos novos cargos foi entregue a líderes evangélicos, alguns deles filiados a partidos da base do governador, mas há também lideranças da Igreja Católica dentre os nomeados.

Apesar do entorno dos Leões tentar criar uma ligação satânica entre a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), principal adversária do comunista no pleito deste ano, e o pai de santo Bira do Barão, o próprio Flávio Dino tem boa aproximação com comunidades tradicionais de matriz africana, por meio de pastas ligadas esta parcela da população maranhense, realizando constantes reuniões com lideranças de casas de terreiros.

Até um evento específico para mulheres de terreiros, intitulado ‘Mães da Ilha’, e a implantação do projeto ‘Minha Folha, Minha Cura’, que tem como foco o uso de hortas de ervas medicinais e rituais, utilizadas pelos terreiros do Maranhão, tiveram a iniciativa do governo comunista.

Além da aproximação com o eleitorado evangélico e católico, e de umbanda e candomblé, Flávio Dino também tem forte ligação e troca de apoio com a comunidade maçônica maranhense. Recentemente, após participar da cerimônia de posse do Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão, Ubiratan João de Castro e do adjunto Vaner da Mota Marinho, ele recebeu  para um almoço, no Palácio dos Leões, a visita de 40 diretores da instituição.

O secretário estadual de Segurança Pública, delegado Jefferson Portela; e o ex-comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Frederico Pereira, inclusive, são membros da ordem.

You Might Also Like

0 comentários