Com problemas na Justiça, Eduardo Braide e família Murad não assinaram pedido de intervenção.

09:11


Passou meio despercebido, mas causou desconforto o fato de dois partidos de oposição ao governo Flávio Dino não assinarem o malfadado pedido de intervenção federal no Maranhão protocolado na Procuradoria Geral da República (PGR) por 10 partidos opositores.

Assinaram a representação feito pelo escritório da advogada Anna Graziella, MDB, PSDB, PSD, PV,PHS, PMB, PODEMOS, PRTB, PSDC e PSC.

Porém, o PRP, partido dos deputados Andrea Murad e Souza Neto não assinaram o pedido. Quando Souza Neto foi questionado pela imprensa, ficou meio desconcertado e afirmou que o PRP entrou com uma representação sozinho.

A deputada Andrea Murad que bradou muito pedindo intervenção, não assinou a tal representação à PGR. Ainda que o PRP tenha entrado solitariamente, é muito mais cômodo fingir que tem interesse com uma ação solitária que ninguém vai ver do que engrossar uma representação de mais partidos. Afinal, com os problemas que o pai tem na Justiça,

Outra legenda que não assinou a representação foi o PMN, comandado pelo deputado Eduardo Braide. O deputado é investigado por crimes da Máfia de Anajatuba e é bem enrolado com a Justiça para querer intervenção federal no Maranhão.

You Might Also Like

0 comentários