FÁBRICA DE DINHEIRO: Além de R$ 100 mil de ‘convênio’, Colônia de Pescadores da Raposa fatura R$ 250 mil com taxa irregular.

05:51


A presidente da Colônia de Pescadores

 Z-53, no município de Raposa, Andreia Sayre, está aprontando mais uma, junto com o maridão-vereador, Antônio Magno (Foto acima).

 

Eles estão faturando quase R$ 250 mil cobrando taxa irregular de cerca de R$ 50, de cada um dos cinco mil pescadores do município, a título de registro para ter direito ao seguro-defeso.

CONVÊNIO DE R$ 100 MIL 

Mas eles não têm muito o que comemorar.

Pelo visto, essa farra à frente da Colônia de Pescadores está com os dias contados.

 É que na gestão de Clodomir, em 2015, a Colônia de Pescadores recebeu um ‘convênio’ de R$ 100 mil, para gastar na Festa do Pescador, mas a prestação de conta foi feita com recibos irregulares.

 A gestão atual da Prefeitura precisa fazer uma tomada de conta especial sobre o ‘convênio’ de R$ 100 mil, para saber se os recursos foram aplicados corretamente ou desviados para  bancar a campanha do maridão, o apagado vereador Magno da Colônia, mesmo tendo sido o mais votado da cidade.

Sendo dinheiro público, é preciso saber a destinação correta.

Se houver desvios, pode resultar até na cassação do apagado vereador.

You Might Also Like

0 comentários