Operação da Polícia Federal deixa o clima tenso no Palácio dos Leões.

03:06

Por Luís Pablo 

Palácio dos Leões, casa oficial do governo do Maranhão

O clima continua tenso no Palácio dos Leões por conta da deflagração da Operação Pegadores, realizada ontem (16) pela Polícia Federal contra o governo Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão.

Governistas temem uma nova operação e o resultado das prisões de pessoas bem relacionadas com figurões do governo. Uma delegação do médico Mariano, por exemplo, seria um grande estardalhaço.

As buscas e apreensões feitas na Secretaria de Estado da Saúde, onde ocorria a roubalheira envolvendo integrantes do governo e funcionários da pasta, pode resultar em novas prisões.

A Polícia Federal acredita que o esquema seja bem maior e que tem mais pessoas envolvidas. Foram mais de R$ 18 milhões desviados por meio de contratação de pessoas (funcionários fantasmas) e contratos com empresas de fachada, entre os anos de 2015 e 2017.

Para se ter ideia, até uma sorveteria participou do esquema, transformando-se, da noite para o dia, numa empresa especializada na gestão de serviços médicos. Mais de R$ 1,2 milhão foram desviados da SES por meio de notas frias com essa mudança.

A operação da PF abalou o governo, que por ter um ex-juiz federal como chefe do Poder Executivo pensou que fosse ser intocável no âmbito federal. Se enganou.

 

You Might Also Like

0 comentários