Maura Jorge convoca aliados para ato pró-Bolsonaro no Maranhão

06:42


A ex-prefeita de Lago da Pedra Maura Jorge, uma das mais destacadas líderes do PSL no Maranhão, convocou a militância do partido e apoiadores de Jair Bolsonaro no Maranhão para participar do ato do dia 26 em favor do presidente da República.



O manifesto, que vem como uma resposta à recente ação da esquerda contra o contigenciamento de gastos da Educação, não conta com apoio amplo da direita – o MBL, por exemplo, é contra – mas, pelo visto, terá alguma repercussão no estado,
“A força do povo mostrará que Bolsonaro jamais ficará sozinho”, incentivou Jorge.

Blog do Gilberto Leda

SOCIOLÓGA KEILLA PODOVI MOSTRA DIVERSIDADE CULTURAL NA CAPITAL MARANHENSE.

06:39


 

 Na manhã deste domingo (19), a Socióloga e Pesquisadora, Keilla Podavi, resolve tirar seus alunos do curso de Direito de uma faculdade particular de sala de aula para monstrar em loco, diversidade cultural da feirinha de São Luís, localizada na praça Benedito Leite. Que aos domingos concentra barracas de artesanato e     gastronomia. Além disso, grupos de dança popular como Tambor de Crioula e Capoeira animam os visitantes.

                            



Segundo a Socióloga Keille Podavi, o Estado do Maranhão é bastante procurado por turistas do mundo todo, afinal o estado tem muito a oferecer tanto para os aventureiros, os amantes da natureza ou para os que procuram paz e tranquilidade.

São Luís, a capital do estado, possui um centro histórico com lindos casarões, praças, museu, teatro, alem das lindas praias.

Alô Ministério Público: Secretário Marco Lerá faz farra com diárias no município de Lago Verde-Ma

12:08

Marco Lerá ( Secretário de Adm e Recursos Humanos)
                                    
O secretário municipal de administração e recursos humanos de Lago Verde, no Maranhão, o senhor Marcos Antônio Ferreira Chaves, conhecido como “ Marco Lerá” , vem se superando  a cada dia que passa.
                                                    
Enquanto a gestão alega não ter dinheiro para pagar na integralidade as despesas da SAÚDE e EDUCAÇÃO,  entre outras despesas prioritárias no município, ele vem gastando um absurdo com diárias pagas pela própria Secretaria que ele é titular (Recursos Humanos).
Chegando a somar mais de R$33 mil reais conforme documentação disponibilizada pelo site do Tribunal de Contas do Estado.
                                         
Contabilizando um gordo repasse anual de 33.200,00,
(Trinta e três mil e duzentos reais) com hotéis em Brasília, Capital São Luís, entre outras cidades. Documentos das diárias com os processos de solicitação, liberação e empenho ordens de pagamento, TED Bancário processo completo.
Somando tudo entre seus salários e diárias ele faturou nada mais nada menos que R$69.200,00 (sesenta e nove mil e duzentos reais no ano. Veja abaixo
Diárias 33.200,00
Salários 36.000,00
Total de 69.200,00
                                  
Despesas apenas com um secretário, imagina se solicitamos do poder público uma investigação? porque o que justifica o município ter (1)um gabinete, (11)onze secretárias e três fundos (saúde,educação,assistência social) todas com diárias para secretários e funcionários por isso é uma farra é precisa sim ser investigado.
                                             
Conforme o calendário de exercício de 2017, p secretário de Administração e Recursos humanos passou a maior parte do ano viajando com diárias pagas com dinheiro público, ou seja, dinheiro do povo do município, de acordo com calendário e resumo dos dias trabalhados e ausência do servidor.
                                               

Maura Jorge trabalha na refundação do UDN, possível novo partido de Bolsonaro

13:23


Seus aliados e assessores diretos iniciaram o recolhimento das assinaturas necessárias, um dos caminhos que a UDN busca para a refundação do partido
Após vários desentendimentos entre a cúpula nacional do PSL e os escândalos das candidaturas laranjas do partido, o clã Bolsonaro trabalha internamento pela refundação da União Democrática Nacional (UDN), partido extinto no Ato Institucional 2, de 27 de outubro de 1965.
Já de olho na possível ida do presidente Jair Bolsonaro para a UND e após meses de brigas internas com o presidente estadual do PSL, o vereador Chico Carvalho, Maura Jorge já trabalha na refundação da UDN. Seus aliados e assessores diretos iniciaram o recolhimento das assinaturas necessárias, um dos caminhos que a UDN busca para a refundação do partido.

Créditos Blog da Silvia Tereza

MPE pede a cassação de candidatos do PSL; Pará Figueiredo pode cair

15:47



O procurador regional eleitoral no Maranhão, Pedro Henrique Castelo Branco (foto), pediu na Justiça Eleitoral a cassação do mandato do deputado estadual Pará Figueiredo, bem como dos suplentes Fábio Câmara e Tácila Mariana Silva, todos os PSL.
Eles são alvo – juntamente com todos os candidatos a deputados estadual do PSL em 2018 – de uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) após a constatação de que o presidente estadual do partido, vereador Chico Carvalho, fraudou a composição da lista de candidatos às eleições proporcionais para o cargo de deputado estadual.
Segundo o MPE, foram incluídas no Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) candidatas fictícias, apenas para cumprir o percentual de 30% exigido por lei.
Após o deferimento do DRAP, três dessas “candidatas” renunciaram à disputa, e outras cinco – a esposa e a enteada de Chico Carvalho aí incluídas – tiveram as candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral, mas não recorreram, ficando de fora da disputa.
Em depoimentos, essas supostas candidatas revelaram que sequer sabiam seus números e nomes de urna. Uma delas disse que teve uma assinatura falsificada para dar aparência de legalidade à candidatura.
“No caso, o PSL, que não tinha candidaturas femininas válidas suficientes e, por isso, nem participaria da eleição proporcional, logrou registrar candidatos, disputar o pleito e receber votos, em tudo enganando a Justiça Eleitoral com a aparente candidatura de algumas mulheres, que ao final vieram a ser indeferidas por falta de condição de elegibilidade. Para ficar com as palavras do TSE, a coligação impugnada “ocultou” o real conteúdo da sua lista, simulou candidaturas que em verdade sequer poderiam existir, com a nítida finalidade de burlar a legislação eleitoral e ludibriar a Justiça eleitoral, no que, como se vê, logrou sucesso”, destacou o procurador.
Baixe aqui a íntegra da ação.
Outro lado
Blog do Gilberto Léda já solicitou, via assessoria do PSL, posicionamento dos citados e aguarda manifestação oficial.